Nacionais

23

cesta-de-basquete

A Liga Nacional de Basquete (LNB) anunciou os clubes participantes da décima edição do Novo Basquete Brasil (NBB). Quinze clubes vão disputar a temporada 2017/2018 da principal competição do Brasil. O Vitória é a única equipe baiana na competição. No último certame, o Rubro-negro terminou em terceiro.

A competição contará com times de oito estados de três regiões do território brasileiro: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Ceará.

A novidade para temporada 2017/2018 é no descenso. Os dois últimos colocados da fase de classificação cairão automaticamente para a Divisão de Acesso na temporada 2018/2019. No entanto, a Liga Ouro seguirá levando somente seu campeão ao NBB. Na última edição do certame, apenas um clube foi rebaixado.

A competição começa no dia 4 de novembro no duelo entre o atual campeão Bauru e o Paulistano, que terminou em segundo lugar.  O local e o horário ainda serão definidos e anunciados pelo Departamento Técnico nos próximos dias, assim como a tabela completa da competição.

Confira a lista completa dos participantes do NBB 2017/2018:
Bauru Basket (SP)
Botafogo
Campo Mourão (PR)
Caxias do Sul (RS)
Flamengo
Franca (SP)
Joinville
Liga Sorocabana (SP)
Minas Tênis Clube (MG)
Mogi das Cruzes (SP)
Paulistano/ (SP)
Pinheiros (SP)
Solar Cearense (CE)
Vitória
Vasco da Gama

17

A seleção feminina de futebol conseguiu um resultado expressivo na Universíade, nesta segunda-feira (28). O time brasileiro venceu o Japão por 1 a 0, em Taipei, e conseguiu o segundo ouro do país na competição. O gol foi marcado no segundo tempo da prorrogação, pela meio-campista Diany.

“Eu já estava ficando cansada, e eu falei para o técnico para me dar mais três minutos, porque Deus daria força aos cansados”, disse: “Eu pensei em tudo o que a gente já passou no Brasil, porque no futebol feminino a gente luta para estar aqui. A gente estuda, trabalha e faz o que ama”, emendou.

O técnico da equipe, Maurício Moraes Salgado, celebrou o triunfo e falou sobre a tática emocional adotada pela seleção. “A gente sabia que seria uma guerra no bom sentido. Foi principalmente um jogo de vitória psicológica”, destacou.

Fonte: CBDU

27

O presidente da Juazeirense, o deputado estadual Roberto Carlos (PDT), lamentou a eliminação para o Globo-RN, no último domingo (27). O Cancão de Fogo perdeu por 2 a 0 no segundo jogo da semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro. No entanto, o cartola disse que o principal objetivo, que era subir de divisão, já havia sido alcançado.

“O nosso título foi o acesso à Série C, a conquista do campeonato seria só um aditivo para a gente”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. “(A eliminação) Pegou todos nós de surpresa, porque estávamos embalados e focados, mas o nosso objetivo principal a gente já tinha alcançado”, completou.

O presidente disse que antecipou para esta terça-feira (29) uma reunião como toda a comissão técnica e jogadores para discutir os próximos passos do clube. “Amanhã teremos uma reunião para fazer uma avaliação da competição. Vamos ver quem fica e quem sai. Alguns jogadores serão liberados para visitar suas famílias”, disse.

De compromisso certo na agenda, a Juazeirense terá as disputas do Campeonato Baiano sub-15 e sub-17. Já a participação na Copa Governador do Estado ainda é uma incógnita. Porém, caso não dispute o torneio, Roberto Carlos disse que o planejamento para o próximo ano será iniciado em outubro. “Por sermos a terceira força do futebol baiano, a Juazeirense será muito cobrada. Então vamos começar a pensar no ano que vem para não sermos surpreendidos no Campeonato Baiano e na Série C do Brasileiro”, falou.

por Leandro Aragão

841
Próximo jogo, contra o Remo, será às 17h15 de sábado, no Castelão, e o atacante Tony Galego aproveitou para chamar o torcedor para mais esta partida importante

Tony Galego perdeu a titularidade há algum tempo. Esta semana, esteve disputando a a camisa 9 com Rone por conta da suspensão de Vinícius Paquetá, mas ficou no banco. Entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória do Moto aos 30 minutos, diante do ASA, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C, em Arapiraca. Ele aproveitou pra convocar a torcida também.

O Moto segue vivo na luta árdua pela fuga do rebaixamento. O próximo jogo é contra o Remo, às 17h15 de sábado, no Castelão, e Galego aproveitou para chamar o torcedor para mais esta decisão.

> Crônica: Moto segura pressão do ASA e vence a primeira fora de casa na Série C

“Quando cheguei no iníco do ano ao Moto, prometi sempre ser um jogador de muita raça e vontade e tem sido assim. Esperamos que nos dois próximos jogos que teremos em casa, a torcida nos apoie como sempre nos apoiou”, concluiu.

O atacante falou sobre a decisão do treinador, Marcinho Guerreiro, em mantê-lo como reserva.

“O ‘professor’ Marcinho optou pelo Rone e claro que nós respeitamos a decisão dele, mas mesmo no banco eu trabalhei forte. Treinei bastante, principalmente finalização e a única oportunidade que tive hoje, eu soube aproveitar”, disse.

Além do Remo, o Moto enfrenta o Cuiabá, em São Luís. A última partida do time nesta fase da Série C é contra o Fortaleza, no Ceará.

Redação O Boleiro, com informações do GE

20

Em um jogo bastante equilibrado e com chances de gol para ambos os lados, a Juazeirense saiu na frente do Globo-RN na disputa por uma vaga na decisão da Série D, na noite de sábado, 19, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro. Pela partida de ida das semifinais, o Cancão de fogo venceu o time potiguar por 3 a 1.

Com o resultado, o time baiano, que já está garantido na Série C 2018, joga até por uma derrota simples, por um gol de diferença, no próximo domingo, às 17h, em Ceara-Mirim (RN), para alcançar a decisão. Triunfo por 2×0 favorece o Globo, que marcou um gol fora de casa. Novo 3×1 leva o jogo para os pênaltis. Qualquer outra vitória por dois gols de diferença dá a vaga na final à Juazeirense.

O primeiro gol da Juazeirense foi marcado aos 31 minutos do 1º tempo, com o experiente Robert. Ele aproveitou uma das poucas falhas da defesa do Globo e o quique ‘errado’ da bola para abrir o placar para o Cancão de Fogo, encobrindo o goleiro Dasaev.

O time baiano teve ainda duas chances de ampliar o marcador, mas viu o Globo empatar a partida aos 16 minutos do 2º tempo, com Gláucio, aproveitado um cochilo da defesa do Cancão na área.

Mas nem deu nem tempo para o time potiguar comemorar. Aos 20, Juninho Tardelli acertou em um belo chute, sem defesa para Dasaev.

No fim, aos 40, Rayllan foi derrubado na área, e Alex Sandro converteu o pênalti, para fazer a festa da torcida que lotou o Adauto Moraes.

Fonte: A Tarde

11

ssim como aconteceu em 2015, Marta não brigará pelo prêmio de melhor jogadora do mundo. Apesar de ter sido uma das três finalistas no ano passado, ajudada pela Olimpíada do Rio, a maior vencedora da disputa ficou fora da relação de 10 nomes divulgada pela Fifa nesta quinta-feira. A brasileira esteve 12 vezes consecutivas entre as indicadas e é a maior vencedora da premiação, com cinco troféus. A última conquista da atacante do FC Rosengard no prêmio aconteceu em 2010, quando chegou a defender o Santos.

As 10 concorrentes, em ordem alfabética, são as seguintes: Lucy Bronze (ING – Manchester City), Deyna Castellanos (VEN – Santa Clarita Blue Heat), Pernille Harder (DIN – Linkopings / Wolfsburg), Sam Kerr (AUS – Perth Glory / Sky Blue), Carli Lloyd (EUA – Houston Dash / Manchester City), Dzsenifer Marozsan (ALE – Lyon), Lieke Martens (HOL – Barcelona), Vivianne Miedema (HOL – Bayern de Munique), Wendie Renard (FRA – Lyon) e Jodie Taylor (ING – Arsenal).

Os vencedores das categorias de treinadores e jogadores do futebol feminino e masculino serão escolhidos agora em um processo que terá votos dos técnicos das seleções nacionais, capitães, jornalistas e fãs. A votação para o público começa na próxima segunda-feira através do site oficial da entidade. O pleito termina no dia 7 de setembro e, no mesmo mês, serão divulgadas as listas com os três finalistas de todas as categorias.

Os outros prêmios da cerimônia da entidade, que acontecerá no dia 23 de outubro, em Londres são: Fifa Fair Play, Puskás (gol mais bonito), seleção do ano e o melhor goleiro do mundo.

Fonte: GE

18

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) criou um departamento interno para monitorar todos os jogos de todas as séries do futebol do país a fim de combater a manipulação de resultados. A entidade firmou parceria com a empresa Sportradar, líder mundial do setor, para atuar em conjunto.

A empresa já monitora os padrões de apostas para o Campeonato Brasileiro das Séries A e B, através de acordos com as federações internacionais. “Nosso compromisso é com a integridade das competições, evitando qualquer interferência no andamento dos jogos. O mercado de apostas é crescente e temos que garantir que nossos campeonatos não sejam atingidos por manobras ilegais. Buscamos um parceiro líder no mercado mundial, com trabalho reconhecido e que já tem amplo conhecimento da estrutura do futebol brasileiro para complementar o trabalho nas séries que ainda não estavam cobertas”, afirmou o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.

14

A temporada de 2017 vem sendo especial para os clubes brasileiros no quesito transferências. Ao longo do ano, vários jovens deixaram suas equipes para se juntarem aos grandes nomes do futebol europeu. A consequência deste êxodo é o aumento do número de contratações vindas dos clubes estrangeiros, assim como seus valores, em um “efeito dominó”.

A quantia que mais chama atenção se refere ao valor total arrecadado pelas equipes brasileiras com vendas neste ano. Foram mais de R$ 957 milhões arrecadados com as saídas de atletas, número que representa um aumento de 247% em relação ao mesmo quesito em 2016. A saída que mais rendeu dinheiro a um clube em 2017 foi a de Vinícius Junior. Mesmo que ainda esteja atuando pelo Flamengo, o jovem já tem transferência acertada para o Real Madrid por R$ 164 milhões.

Entre as dez maiores vendas feitas pelas equipes do Brasil, um padrão chama atenção: os times europeus buscam a chegada de jovens para o elenco. Dos jogadores mais caros, apenas três têm idade superior a 25 anos. Vitor Hugo (26), Thiago Mendes (25) e Maicon (28) são a exceção na listagem, que tem média de apenas 21,9 anos.

Com o alto número de vendas, a quantia gasta em contratações pelas equipes brasileiras subiu. Somando as duas janelas de transferência, o valor gasto no Brasil chegou a R$ 348 milhões, o que representou aumento de 86% em relação ao ano anterior. Só no segundo período, que se passou entre 20 de junho e 20 de julho, o número chegou a R$ 217 milhões.

No entanto, a lista mostra uma polarização entre as equipes que mais gastaram. Impulsionado pelo patrocinador, o Palmeiras figura com quatro nomes entre os dez mais caros do ano: Borja, Deyverson, Guerra e o volante Bruno Henrique. Por sua vez, o Flamengo conta com dois atletas: Éverton Ribeiro e Berrío, assim como o Santos, que trouxe Bruno Henrique (atacante) e Cléber. São Paulo e Atlético-MG fecham a tabela com um jogador cada (veja os nomes abaixo).

Para o jornalista Rodrigo Capelo, essa tendência tem uma causa clara: a influência dos “novos ricos” do futebol europeu. Ele indica que as equipes compradas por magnatas buscam jogadores que tenham potencial para permanecer na equipe por muitos anos. Por sua vez, a arrecadação dá armas aos clubes brasileiros para investirem mais.

- Tem uma repetição na lista de clubes que acabaram de ser comprados por bilionários estrangeiros. A gente está falando do Manchester City, comprado em 2008; do Monaco, que foi comprado em 2012 e do Lille, em 2017. Esses novos ricos puxam as transferências e causam aquele efeito dominó no futebol brasileiro – avaliou.

55

A Fifa divulgou a atualizaçao mensal do ranking de seleções nesta quinta-feira (1º). O Brasil não apenas se manteve na liderança, como também aumentou a diferença em relação à segunda colocada, Argentina. A equipe do técnico Tite ampliou a diferença para 89 pontos, somando agora 1.715 contra 1.626 equipe argentina. Antes, os brasileiros tinham 69 pontos a mais do que os hermanos.

A Seleção Brasileira volta à campo no próximo dia 9, às 7h05 , no horário de Brasília, para encarar justamente a Argentina, no amistoso que será disputado em Melbourne, na Austrália. Depois, no dia 13, o Brasil joga com a Austrália, no mesmo horário e local.

Confira o Top 10 do ranking:

1 – Brasil – 1.715 pontos
2- Argentina – 1.626
3 – Alemanha – 1.511
4 – Chile – 1.422
5 – Colômbia – 1.348
6 – França – 1.332
7 – Bélgica – 1.292
8 – Portugal – 1.267
9 – Suíça – 1.263
10 – Espanha – 1198 / Polônia – 1198

34

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fez uma pedida de US$ 4 milhões, cerca de 14 milhões em reais, à Rede Globo pelos direitos exclusivos de transmissão dos próximos dois amistosos da Seleção Brasileira. A informação é do site Uol Esporte, publicada nesta quinta-feira (1º).  As partidas acontecerão nos dias 9 e 13 deste mês, contra, respectivamente, Argentina e Austrália.

O valor foi considerado alto pela emissora e por isso as partes não chegaram a um acordo. O objetivo da CBF era chegar a um valor médio dos jogos  do contrato que tem com a Globo para as partidas de eliminatórias e competições oficiais da Seleção Brasileira. A emissora entendeu que o valor avulso de 2 milhões de dólares não seria vantajoso, pois o tempo seria curto para negociar com os patrocinadores. Além do horário de 7h da manhã ser pouco habitual para a transmissão de jogos.

Na última segunda-feira (29), a CBF anunciou que ela mesma vai produzir e transmitir os dois amistosos contra Argentina e Austrália (leia mais).